sexta-feira, julho 27, 2007

Mudança de Serviço

O Blog está há alguns meses no Sapo e pode ser visto aqui:


http://lmfm.blogs.sapo.pt/

m

quinta-feira, julho 26, 2007

Monty Python´s Flying Circus


1327 minutos é o tempo total desta maravilha. Por pouco mais de34.89€ na Worten ou 39.95€ na Fnac (eu feito tótó fui comprar isto na Fnac)podem ter as 4 séries completas, o que corresponde a 45 episódios.
Este fim de semana já tenho 1327 minutos ocupados, por isso não apareçam.






Este é o material dos M.P. que tenho comprado ao logo dos últimos anos. Isto sim, é dinheiro bem empregue. Para a minha videoteca de comédia ficar completa só falta começarem a editar dvd´s com o trabalho do Herman José.

Sobre a pirataria

A ASAE provocou AZIA em quase 200.000 portugueses que frequentavam os sites zetuga, zemula ou btuga. Consta que os Zés vão ser investigados, assim como os seus utilizadores. É uma medida que se compreende pois, por um lado, temos o pessoal que faz download de filmes, musica ou aplicações e que depois faz cópias para andar a vender, por outro temos os artistas que, assim, já não podem comprar uma segunda casa de férias em Miami ou um avião particular para ir passear. Quando vejo as notícias de que uma estrela famosa da música ou do cinema comprou uma mansão nova fico sempre com pena dela porque se não fosse a pirataria eles já tinham dinheiro para comprar uma casa maior.
Mas de quem é a culpa? Colocam nas mãos dos jovens portugueses Internet de banda larga, gravadores de dvd dual layer e dvd´s virgens a preço da chuva. Ao mesmo tempo, temos no outro lado da balança preços altos acrescidos de iva sobre os produtos desejados.
Em relação a este assunto estou de consciência tranquila. As únicas séries que costumo tirar da net são o Prison Break e Heroes porque não tenho paciência para esperar meses para saber o que vai acontecer.
O Lost, como o nome indica, perdeu-se algures na RTP e ninguém sabe da 3ª série.
Através dos torrents consegui ver uma série fantástica de 12 episódios chamada Dexter que nunca passou cá nem sei se alguma vez irá passar. Sem esquecer as séries que são exibidas à 1h da manhã, como os CSI´s, Donas de Casa Desesperadas, etc…
Já comprei ou vou comprar todas essas séries da mesma forma que comprei estas:















E, já agora, posso dizer que tenho 3 cópias originais do filme Black Hawk Down. Comprei um dvd duplo na dvdgo sem legendas em português quando o filme saiu. Depois comprei o original por cá e, recentemente, voltei a comprar o filme na dvdgo em Blu-Ray. Por isso, senhores da ASAE, não me venham chatear.

Rápidas

El Solitário veio para Portugal em busca de uma alma gémea. Em princípio deve conhecê-la nos próximos dias em Pinheiro da Cruz e não deve ter mais de 3x3 m com sanita e cama incluídas.

O castigo de Nuno Assis termina hoje e a mulher do Simão, a Filipa Sabrosa, vai preparar uma festa surpresa. Uma vez que a notícia aparece em alguns jornais de hoje (num deles até está na 1ª página) para quê chamar aquilo de festa surpresa?

Em Portugal a desistência escolar é tão elevada que foi necessário recorrer a uma agência para contratar jovens figurantes para o lançamento do Plano Tecnológico da Educação.

terça-feira, julho 24, 2007

Big Prison Break

Se mais vedetas do Big Brother forem detidas é possível que nos próximos meses surja um novo reality show na TVI. Mas, neste caso, penso que eles vão querer ser expulsos da casa mais vigiada do país...

segunda-feira, julho 23, 2007

O melhor de Horatio Caine

Das três séries CSI que existem actualmente a melhor é sem dúvida a de Las Vegas. No entanto, a de Miami consegue ter uma das personagens mais irritantes de sempre em séries de televisão. Aqui ficam os melhores momentos de Horatio Caine que compilei utilizando apenas 4 episodios...

domingo, julho 22, 2007

Heróis do Mar

O meu grupo português preferido

sábado, julho 21, 2007

Rebecca Romijn


Se fizesse um filme e tivesse que escolher uma actriz para desempenhar o papel principal teria que escolher esta senhora. Nasceu a 6 de Novembro de 1972 em Berkeley, na Califórnia. Começou a dar nas vistas como modelo até que em 1997 se estreou na televisão ao aparecer na série Friends. A partir daí tem mostrado a sua versatilidade em filmes tão diversos como X-Men, Femme Fatale ou Godsend

Esta mulher até de azul fica bem

quinta-feira, julho 19, 2007

É assim que vai Portugal

As autoridades deste país andam mesmo todas a dormir. Hoje ouvi uma conversa na rua, enquanto esperava o comboio, que mostra o estado em que este país se encontra. Uma senhora que, pelo que percebi, queria abrir um jardim infantil (não sei onde) estava a conversar com uma amiga e a mostrar o seu desagrado com a situação do seu projecto. É que depois de oferecer um lugar cativo durante um ano no Estádio da Luz ao senhor que ia fazer a inspecção, parece que viu o projecto não ser aprovado por irregularidades na construção (menos mal, houve tentativa de suborno mas o senhor ficou com o lugar no estádio e mandou a senhora à... ). E disse ainda que já tinha gasto muito dinheiro para que o projecto fosse rápidamente aprovado na câmara. Quando uma pessoa fala assim abertamente, no meio da rua, sobre estes assuntos então é porque este país já bateu no fundo.

Para quem não sabe...o meu nome é Luis

O portal pimba é um excelente local para encontrar algumas pérolas da música portuguesa. É um site da autoria de Bruno Raposo, que colabora com o Nuno Markl no programa "Laboratolarilolela" justamente com músicas do seu blog. Foi num desses programas que ouvi esta vedeta da canção ligeira que se chama Luis Manuel. Como partilhamos o mesmo nome, esta música serve como apresentação, como sugeriu o Markl durante o programa.

quarta-feira, julho 18, 2007

Trailers dos Filmes que falei

SAY ANYTHING

THE BREAKFAST CLUB

ELIZABETHTOWN

HIGH FIDELITY

SINGLES

José Ibérico Saramago


No passado dia 15, Saramago deu uma entrevista no DN em que defendia a ideia de transformar Portugal numa provincia de Espanha. E o que é melhor é que Espanha podia mudar de nome para Iberia para não ofender o "brio" dos portugueses. A conclusão que eu tiro disto é que a idade é cruel para certas pessoas. Penso que isto não é alzheimer nem sequer Parkinson, é uma doença nova que se pode vir a chamar Saramaginson e que afecta indíviduos que a certa altura da vida receberam um prémio, vivem fora do país de origem, acreditam que o comunismo é viável e que admiram ditadores.

«Já temos a Andaluzia, a Catalunha, o País Basco, a Galiza, Castilla La Mancha e tínhamos Portugal»
Ao ler esta frase não ficam dúvidas de que Saramago fala como se já fosse espanhol. Esta é já uma fase avançada da doença, em que o paciente acredita que pode anexar países dando depois outros nomes. Um caso conhecido foi o de Hitler, que disse para a empregada: "Já temos a Polónia, a Bélgica e a Holanda, agora estamos a pensar na província de França. Se calhar vamos chamar isto de Hitlerlandia um dia".

«Provavelmente [Espanha] teria de mudar de nome e passar a chamar-se Ibéria. Se Espanha ofende os nossos brios, era uma questão a negociar»
E porque não passar a chamar-se Tap? ou Portugália? Era uma questão de negociar.

Saramago disse que os portugueses compreenderiam a mudança, «não é uma cedência nem acabar com um país, continuaria de outra maneira. (...) Não se deixaria de falar, de pensar e sentir em português».
Claro que não é acabar com um país. Se passarmos a ser uma província espanhola faz todo o sentido continuarem a considerar-nos um país. Quem deve ficar contente são os artistas internacionais que cá vêm e começam os espectáculos com "Buenas noches Espana", assim já não são gozados pelos portug... Ibéricos.

Se o Saramago está tão preocupado com o nosso país e com o bem estar dos portugueses porque não começa com coisas mais pequenas, como pedir a integração do Partido Comunista no Partido Socialista ou Bloco de Esquerda? Ou então porque não fica sossegado e calado junto dos seus amigos espanhois em Lanzarote? Para nos desenvolvermos ou recuperarmos da crise a solução é a união com Espanha? Então não é mais fácil os portugueses começarem a ter uma atitude mais dinâmica em vez de andarem a queixar-se e deixarem este país ser governado por corruptos e incompetentes? Se o jornal chinês que deu a notícia de que 50% dos portugueses concorda com esta ideia está a dizer a verdade, então o melhor é que estes 50% se mudem para Espanha. O espaço que eles iriam deixar dava-nos jeito.

terça-feira, julho 17, 2007

Filmes da minha Vida...

Hoje estive a falar com a Joana a propósito de um filme chamado Elizabethtown e acabei por recordar alguns filmes que vi e que nunca mais esqueci. Aqui ficam as imagens e alguns comentários.



Se tivesse que fazer uma lista com os 10 melhores filmes de sempre este estava lá de certeza absoluta.
Cinco jovens estudantes são obrigados a passar um dia de sábado na escola, de castigo, juntos. As suas diferentes personalidades entram em conflito, inicialmente, mas a pouco e pouco vão-se conhecendo melhor e acabam por partilhar uns com os outros os seus medos, segredos e emoções. A música dos Simple Minds "Don't You (Forget About Me)" ficará para sempre associada a este filme. E quando ouvimos esta música no final do filme não podemos deixar de pensar se eles vão continuar amigos no dia seguinte.




Alta Fidelidade aborda a crise de Rob (John Cusack), um jovem de trinta e poucos anos que é dono de uma loja de discos e que tem medo de assumir um compromisso com a sua namorada. Quando ela o deixa para ir viver com outro homem, Rob elabora uma lista com o top 5 de relações fracassadas e decide procurar as suas ex-namoradas para perceber o que correu mal e onde falhou. John Cusack, um dos meus actores preferidos tem aqui uma actuação fantástica.



Os próximos 3 filmes foram realizados por um senhor chamado Cameron Crowe:




O mais antigo é este "Say Anything", uma excelente comédia romântica típica dos anos 80. A forma como a relação de Lloyd e Diane nos é contada por Cameron Crowe é bastante simples e é isso que torna este filme inesquecivel.



Um grupo de amigos que vive no mesmo complexo de apartamentos em Seattle partilha amizade, amor e sonha com o sucesso profissional. Este realizador tem o dom de pegar em momentos simples e banais com que qualquer pessoa se identifica e transformar esse momento num momento inesquecível. Lembra-se do Jerry Mcguire e a cena do "Show me the Money"? Ou no "Almost Famous", quando viajam no autocarro da banda e cantam todos juntos "Tiny Dancer"?



Elizabethtown é um dos melhores filmes que vi nos últimos tempos. Conta a história de Drew, um designer de calçado que causa um prejuízo de 1 bilão de dólares na sua empresa, quando projecta um novo modelo de ténis que é um fracasso. Depois de ser despedido decide suicidar-se, utilizando uma faca e uma bicicleta de ginástica. Quando está prestes a concretizar o seu plano recebe um telefonema da irmã que o informa da morte do pai. Abalado com os acontecimentos recentes, Drew vai então para Elizabethtown para tratar do funeral. Durante a viagem de avião conhece Claire, uma assistente de bordo com uma visão muito positiva da vida. O que se segue depois é uma obra de arte.

Novo negócio

Acho que vou investir dinheiro num radar. Monto-o algures na marginal entre Caxias e Oeiras e fico a viver dos rendimentos...

domingo, julho 15, 2007

Fama

É verdade que costumo fazer o download de algumas séries via torrent mas também é verdade que acabo por comprar o original sempre que uma boa série é editada em dvd. Aconteceu isso com o Prison Break, Extras, The Office, Lost, etc. Com a excepção do Prison Break ou do Heroes, todas as outras séries de qualidade são transmitidas nas madrugadas, outras desaparecem, como foi o caso da 3ª série do Lost que podia ser vista na RTP.

Uma série bastante boa que saiu para venda directa, recentemente, foi a "Fama".
De 1982 a 1987 foi possivel assistir a uma das melhores séries que passaram na TV portuguesa e que tantas boas recordações deixou. Comprei hoje a 1ª série, que está a um preço acessivel de 35€ (na dvdgo.com pode ser comprado por 25.45€), só é pena não ter qualquer extra e o áudio estar apenas disponível em dois canais.



Nenhum dos actores desta série teve uma grande carreira no cinema. A maioria continuou a protagonizar séries de tv, outros desapareceram completamente. Gene Anthony Ray, o Leroy, morreu em 2003. Albert Hague, o prof. Shorofsky, já tinha morrido em 2001.
Lori Singer só participou na primeira série de fama. Saiu para entrar no filme Footloose e a pouco e pouco a sua carreira foi desvanecendo, entrando em alguns filmes com pouca qualidade. Cynthia Gibb, Holly, tem mantido uma carreira regular no cinema, mas quase sempre em filmes secundários.
Lee Curreri, o Bruno, seguiu uma carreira de compositor, aparecendo ocasionalmente em algumas séries de televisão como convidado especial.
Debbie Allen seguiu uma carreira de actriz, quase sempre em tv, e continua a coreografar espectáculos.

sábado, julho 14, 2007

Portugal no Mundo...

Alguns exemplos do brilhantismo Português:

O Vinci GT, Selecção Sub-20, Espectáculo 7 Maravilhas

Somos os primeiros a ter um carro desportivo totalmente concebido e fabricado em Portugal que custa 300.000€ e que não pega durante a apresentação. "Foi só uma pequena birra", disse o responsável do projecto, "Mas hoje de manhã funcionou", disse ele no fim. Quem teve uma pequena birra foi o Zéquinha, que resolveu tirar o cartão vermelho da mão do árbitro, no jogo contra o Chile, e, como consequência disso, foi expulso. A idade não justifica estes comportamentos.
Ainda não percebi como é que a TVI pode ter orgulho do espectáculo das 7 Maravilhas. Um palco enorme, repleto de cabos por todo o lado, pouco decorado e poucos figurantes. Até foi possivel assistir a um momento de graxa em directo. Quando Eduardo Moniz vai ao palco e Júlio Magalhães diz que a TVi é uma das maravilhas de Potugal... mas o bonito Estádio salvou o espectáculo.

segunda-feira, julho 09, 2007

O Anti Cristo

Foi este o sketch cujas gravações assisti quando fui visitar os estúdios do Hora H.

Logo no início, quando a equipa do CNN está na sala de reuniões, podemos ver a Joana, à entrada, numa participação especial neste sketch.

domingo, julho 08, 2007

7 Maravilhas e Live Earth

A transmissão da RTP do Live Earth foi muito fraquinha. Muita conversa em estúdio e pouca música. Assim , não é de estranhar que o pessoal tenha mudado para a TVI quando começou o espectáculo das 7 Maravilhas.
Só para ver a Jennifer Lopez valeu a pena, mas o espectáculo também não foi nada de especial.
Gosto muito do Brasil, mas a escolha do Cristo Redentor não me parece muito justa nem lógica tendo em conta que as Pirâmides de Gizé ficaram de fora. E agora temos de passar o dia a gramar a TVI a gabar-se da audiência histórica que teve ontem.

sexta-feira, julho 06, 2007

Concurso da TVI

Ontem estive a ver este concurso da TVI, que passa às 3h da manhã e onde as pessoas ligam para tentar acertar em palavras que valem dinheiro. Como já esperava que acontecesse algo interessante deixei a gravar e apanhei esta gaffe. Na TVI, quando querem mandar calar alguém dizem: "Clara-te, se faz favor."

quinta-feira, julho 05, 2007

Henrique Viana

Portugal ficou mais pobre com a morte de Henrique Viana. Tinha 71 anos e 50 de carreira. Este senhor foi um dos nossos melhores actores e notabilizou-se no teatro, cinema e televisão. Uma grande salva de palmas para este grande actor.

Como homenagem deixo aqui um pequeno video do Lampião da Estrela onde ele faz o papel de um empresário adepto do fcp. Henrique Viana foi um grande Benfiquista.

terça-feira, julho 03, 2007

Só a mim é que acontecem estas coisas

Ja agora, aproveito para contar outra história embaraçosa para mim que pouca gente sabe.
No dia do meu casamento estava um pouco nervoso. É que eu nunca gostei de ser o centro das atenções e ter muita gente a olhar para mim, mesmo que sejam da família, não me deixa muito à vontade.
Andava um bocado distraído nessa manhã e, quando fui fazer a barba, peguei numa bisnaga pequena de pasta dos dentes a pensar que aquilo era gel de barbear. Correu tudo bem até começar a chorar por causa do odor a mentol ou fluor, ou lá o que aquilo tinha.
E depois ficamos com a fama de sensíveis porque choramos no dia do nosso casamento...

O Ozonol


Durante algum tempo a minha alcunha, para um determinado grupo de amigos, foi Ozonol. Lembrei-me agora desta história depois de ver um anúncio.
O que aconteceu foi muito simples: Estava com esses amigos a passar uns dias numa povoação para os lados de Coimbra quando tive uma ruptura muscular na perna direita. Agora o mais interessante é a forma como essa ruptura aconteceu. Na altura ainda era bastante novo e não pensava. Foi há uns 3 anos. Estávamos todos a passar o fim de semana numa terra lá para os lados de Penela, chamada Carvalhais, quando soubemos que na aldeia mais próxima havia baile. Soubemos isto porque vimos afixado numa parede um papel a publicitar o artista. Dizia apenas: "Rui Mendes e o seu Instrumento" (é mesmo verdade). O pessoal ficou logo a pensar qual seria o tipo de instrumento que o Rui Mendes tinha. Quando lá chegámos vimos que era um Roland.
Depois de dançarem (eu não danço) fomos ver um jogo típico destas aldeias. Para este jogo é necessário um martelo, pregos e um tronco. O objectivo deste jogo é espetar um prego de 20 cm, totalmente, no tronco. Os jogadores vão martelando o prego, à vez, até vencerem.
Foi então que os meus amigos tiveram uma ideia excelente. O ultimos a espetar o prego no tronco tinha de ir para casa sentado no capot de um dos carros. E pronto, lá jogaram e um deles perdeu. Quando iamos para casa parámos os carros e obrigámos o nosso amigo a sentar-se no capot para fazer assim o resto da viagem. Eu, que ia no carro de trás, tive a grande ideia de lhe tirar uma fotografia. E comecei a correr atrás do carro, que até ia devagar. Mas a minha amiga apercebeu-se que ia alguém a correr lá fora e, sem saber quem era, acelerou um pouco mais. E eu também acelerei a corrida. Foi então que se deu a ruptura e acabei por passar o dia de domingo com Ozonol no perna.
Ah, a algum tempo depois dei um jeito nas costas num salto para a piscina e precisei outra vez do Ozonol. Confirma-se que aquilo é bom.

segunda-feira, julho 02, 2007

Sobre o equipamento cor de rosa do SLB

Um Secretário Técnico muito confuso...

O pessoal adora gozar com as figuras ligadas ao Benfica que gostam de um bom vinho e não lhes poupam adjectivos. O que dizer então do Secretário técnico do sporting que esteve hoje no aeroporto da Portela à espera do Gladstone e que, ao ver chegar o Anderson e o ver rodeado de jornalistas, se aproximou dele e lhe disse para não fazer muitos comentários? O Anderson, que tinha acabado de chegar de um vôo de várias horas e ainda vinha com os efeitos do jet lag, não deve ter reconhecido o senhor, mas pensando que era alguém do Benfica fez-lhe a vontade e não foi muito expansivo nas respostas aos jornalistas.
O Secretário Técnico deve ter ficado um bocado embaraçado quando se apercebeu da gaffe que cometeu, mas acham que tomou juizo? Não. Minutos depois foi visto a dirigir-se para N´Doye, que acabara de chegar.

domingo, julho 01, 2007

Que dia estranho...

O dia de hoje está a ser bastante atípico. Vejamos alguns exemplos:

- O mar está a comportar-se como se estivéssemos nas marés vivas de Setembro. Em algumas praias da linha a água tomou conta da praia e afastou os banhistas.
- Foi sentido mais um sismo. Este fez tremer monitores, bonecos e mesas cá por casa.
- Durante a exibição do filme da tarde, a SIC anunciou o Hora H.

sábado, junho 30, 2007

A Honestidade de um político



Confirma-se que os políticos só dizem a verdade quando se enganam...

sexta-feira, junho 29, 2007

Para finalizar a questão do Hora H

Quando estivemos com o Herman ele fez um desenho em A4 sobre o Hora H. A Joana ficou com o desenho mas enviou-me pelo msn no dia seguinte. Peguei em duas imagens tiradas do Hora H e fiquei com material para fazer duas tshirts. As imagens das costas estão propositadamente levemente distorcidas pois a ideia era fazer um efeito de pintura. Ficaram muito giras.

Aqui estão as minhas duas tshirts, são únicas no mundo:




Já recebi alguns pedidos para enviar as fotos. Desculpem lá, mas só a Joana vai receber estas imagens.

quinta-feira, junho 28, 2007

Mais material do Herman

Graças ao Paulo a videoteca online sobre o Herman Jose que estamos a organizar no Youtube e no blog http://Hermanjose.blogspot.com vai ficar mais rica. Vejam bem a quantidade de k7´s que ele me emprestou ontem quando estivemos nos estúdios. Até o próprio Herman ficou impressionado com esta colecção.
O próximo passo é copiar tudo para o disco do pc e depois escolher sketches que ainda não estejam online.

Vale a pena ver o Hora H

quarta-feira, junho 27, 2007

Nova Visita ao Hora H (Parte 2)



A minha "sócia", a Joana e o Herman José, vestido de anti-cristo. Este sketch é inspirado no cd que o Nuno Markl recebeu em casa, do pastor Adelino, que falava do arrebatamento e que originou vários mixes do "Apocaliptus". Estou ansioso para ver a versão final deste sketch que tanto nos fez rir e onde foi possível ver o talento desta grande equipa de actores e técnicos. Estão todos de parabéns pelo excelente trabalho.



Esta Senhora é a Maria Rueff, já caracterizada como Segurança do CNN. Já todos
conhecem o talento de Maria Rueff, por isso, palavras para quê?



Fica aqui mais esta foto, na companhia de Manuel Marques e António machado. Há muito tempo que sou fã do Manuel Marques. Desde que o vi pela primeira vez com o Herman, há uns anos atrás, que achei que ele tinha piada, as suas personagens são credíveis e engraçadas. Gostei muito de o ver no Manobras de Diversão com outros dois grandes comediantes, o Bruno Nogueira e o Marco Horácio.
O António Machado também já era um actor conhecido. Já conhecemos o seu dom para imitar vozes e eu também já tinha assistido a uma peça de teatro em que ele entrava, intitulada "Deixa-me rir". Foi uma boa aposta para o programa.



Sentado na secretária do Américo Russo

Nova Visita ao Hora H (parte 1)

Passei as últimas 3 horas a assistir às gravações de um sketch do Hora H e a conversar com alguns dos actores. Parece-me que, neste momento, o Hora H está num grande nível de qualidade. Eu tenho acompanhado todos os programas e é evidente a todos os níveis que houve evolução(desempenho de actores, textos, parte técnica).
Tenho pena da saída da Maria Vieira e da Ana Bola, mas a entrada da Susana Cacela e do António Machado vieram trazer sangue novo à equipa e um novo dinamismo. O programa só ganhou com a entrada deles.
Como é natural aproveitei esta segunda visita para tirar fotos com todos os actores. Só tenho na minha máquina estas duas fotos, as restantes estão nas máquinas do Paulo e da Joana. Vale a pena irem visitar os blogs deles pois eles tiraram fotos muito interessantes, especialmente uma em que o Herman surge a personificar o anti-cristo... e vestido a rigor.



Como não podia deixar de ser tirei uma foto no cenário onde são gravados os sketches da Chica Pardoca.



O César Mourão é um excelente actor. Quem costuma ver o programa não deve ter grandes dúvidas em relação a isso.
Eu não conhecia muito do trabalho dele na televisão antes do Hora H, pois estou a trabalhar à hora em que ele aparece na televisão, no programa da Fátima Lopes. Só o tinha visto uma vez com os Commédia a là Carte há uns 3 anos mas na altura ainda não sabia quem ele era. Sketches como o Helder Tachinho, o Blogodependente, Herculano Pedro, Ligar é Amealhar, O Boneco do Bolo, etc... são inesquecíveis. Além disso é bastante acessível e é um prazer conversar com ele, é uma excelente pesssoa.



A Susana Cacela é outro bom exemplo de profissionalismo e simpatia. Entrou muito bem
no Hora H e tem dado provas do seu talento nos episódios em que participou. Estes actores pertencem a uma geração que cresceu a ver o Herman José e que, ao seguirem a mesma profissão, sempre sonharam trabalhar ao seu lado. No caso da Susana Cacelas o sonho tornou-se realidade e é muito merecido, é uma excelente actriz.

terça-feira, junho 26, 2007

Raposinho Pinto

Letonia...

Como é, pessoal? Alguém está afim de fazer um abaixo-assinado para declararmos guerra à Letónia? Vamos propor que as batalhas envolvam apenas combates corpo a corpo...

sexta-feira, junho 22, 2007

Black Hawk Down em Blu-Ray

Comprei hoje o filme Black Hawk Down em formato Blu-Ray para ver na PS3.
Pensei que já nada me surpreendia, mas a qualidade da imagem e do som é incrível. É preciso não esquecer que este filme não utiliza efeitos CGI, a imagem que vemos é mesmo real, com ruas repletas de destroços, areia, fumo, etc (é claro que um filme como a Guerra das Estrelas, neste formato, deve ser muito mais impressionante). Posso mesmo dizer que foi a primeira vez que vi um filme de guerra e tive a sensação de estar no meio da acção.
Por alguma razão se chama Alta Definição.

quarta-feira, junho 20, 2007

O Arrebatamento

Na sequência deste post do Nuno Markl e deste, resolvi contribuir com a minha versão Mix do Arrebatamento:



Pelo que percebi, ao ouvir o ficheiro que o Markl disponibilizou, o arrebatamento é a subida dos crentes no Senhor aos céus. O pastor diz que, quando isso acontecer, os carros, os aviões, os comboios e as ruas vão ficar vazios, pois os seus ocupantes vão subir rápidamente ao céu. A minha pergunta é: E quem tiver o azar de estar em casa nessa altura? Bate com os "cornos" no teto? Se eu for arrebatado espero que me avisem com antecedência para ir para a janela.

terça-feira, junho 19, 2007

Os últimos filmes que vi...





Não sou crítico de cinema, nem quero ser, por isso não vou aprofundar muito a análise destes cinco filmes.
A Quadrilha Selvagem (The Wild Bunch), de Sam Peckinpah, é um clássico dos westerns. Este é, possivelmente, o melhor western alguma vez feito. É claro que os fãs de Sergio Leone ou de Howard Hawks podem não concordar, mas este blog é meu e aqui o que conta são as minhas opiniões ;p.
Resumindo, este filme conta a história de um grupo de bandidos já com alguma idade que procuram um último golpe numa altura em que o velho oeste sofre os efeitos do progresso (a acção do filme está centrada em 1914, meses antes do início da 1ª Guerra Mundial). Já está nos clubes de video a ediçao especial com dois cd´s, vale a pena ver.
Scoop é o novo filme de Woody Allen e é mais um bom filme deste senhor. Só é pena que a versão que aluguei no clube de video não tenha o áudio ingês 5.1. Nos dias de hoje não faz sentido alugar filmes apenas com áudio em 2 canais.
Bandeiras dos Nossos Pais e Cartas de Iwo Jima: Em comum nestes dois filmes está a ilha de Iwo Jima e a sangrenta batalha que opôs americanos e japoneses. Não há muito a dizer sobre os filmes. São uma pequena obra de arte do cinema, mais um grande momento de cinema proporcionado por Clint Eastwood, desta vez novamente como realizador.
O Marine consegue ser dos piores filmes que alguma vez entraram no meu leitor de dvd´s. Nem vale a pena falar do filme, das más interpretações, do mau argumento. A única pessoa que teve uma prestação positiva neste filme foi o gajo que estava encarregue de fazer rebentar os engenhos pirotécnicos. E acreditem que há muita explosão neste filme. Aliás, eu nem sabia que um carro a raspar em madeira provocava tantas explosões... O actor principal, se podemos chamar aquilo de actor, consegue voar mais alto e mais depressa que o super-homem quando é apanhado nessas explosões, mas não aparece chamuscado. Há uma cena em que ele vai a correr e um bandido lhe espeta com um extintor em cheio na cara. Não é que o gajo se levanta pouco depois sem uma única marca?! Que treta de filme.
E ainda tentam ter piada: O chefe dos bandidos é o actor Robert Patrick (o mesmo que fez de exterminador no T2) e há uma cena em que estão a ser perseguidos pelo John Cena. O carro do John já levou com tantas balas que parece um queijo suiço, mas continua atrás deles. E há um bandido que se vira para o chefe e diz: "Este gajo parece o exterminador". E depois focam a câmara no olhar do Robert Patrick como a dizer: "Já viram como este comentário tem piada? Eu é que fiz de Exterminador..."

Ah, e agora vou ver o filme "Um Trunfo na Manga" - Smokin´Aces. Dizem que é bom, depois digo

domingo, junho 17, 2007

Um dia na Ota



"Vim para a Força Aérea porque o mercado de trabalho está muito complicado. A Força Aérea sempre foi uma segunda opção para mim."

Conheço muita gente como esta na Força Aérea. São pessoas que conseguem ir ao curso de Sargentos ou Oficiais sem terem a mínima vocação para a vida militar. Estas palavras, de um jovem que queria seguir jornalismo, são bastante comuns. Já no meu tempo isso acontecia. Muitos ainda andam por lá, agora como sargentos, sem qualquer brio ou orgulho na farda que vestem. Ainda este mês vi dois dois militares da Força Aérea, fardados, aos beijos (era um rapaz e uma rapariga...)e sem o respectivo bivaque na cabeça.
Também é engraçado ver militares a queixarem-se por terem os braços esfolados...

Euromísseis de Portugal 84

quarta-feira, junho 13, 2007

Summer Wine

Já tinha ouvido esta música há muito tempo e voltei a ouvi-la hoje por acaso. Vou colocar aqui 3 versões do Summer Wine para ouvirem. Se quiserem.

Versão original de Nancy Sinatra:


Versão de Ville Valo (Him) & Natalia Avelon (é a minha preferida)


Versão de Corrs e Bono


De vez em quando sabe bem ouvir estas músicas...

segunda-feira, junho 11, 2007

domingo, junho 10, 2007

Ilha de Rhodes

A ilha de Rhodes está situada entre a Grécia (continente) e a ilha de Chipre, e a 18 km a Oeste da Turquia. Tem 79 km de comprimento e cerca de 39 km de largura. A população é de 130.000 pessoas (80.000 vivem na cidade de Rhodes) e vivem sobretudo do turismo.
Historicamente, a ilha é conhecida por ter albergado uma das 7 maravilhas do mundo: O Colosso de Rhodes.

Esta primeira foto foi tirada na cidade de Rhodes, à entrada do porto Mandraki, e mostra o local onde supostamente estava situada a famosa estátua. O local onde estão os dois pilares com os veados é onde estavam os pés da estátua que, com 30 metros de altura, era a maior do mundo antigo. Após 56 anos a estátua foi destruída por um tremor de terra no ano de 226 A.C.

Ao fundo pode ver-se o Lindos Bay Hotel na Vlycha Beach. Este local está muito bem situado, a meio da ilha e a 42 km da cidade de Rhodes. Fica a 4 km da vila de Lindos e da Acrópole de Rhodes. O fantástico Vale das Borboletas fica a 50 km de distância.As próximas fotos são de Lindos e da Acrópole, que na altura estava a sofrer obras de remodelação. Mais tarde aluguei um carro, mas nos primeiros dois dias fiz algumas viagens a pé até Lindos.

Quando estive em Rhodes foi em Outubro de 2003. As pessoas são muito simpáticas e fomos sempre muito bem tratados, como é normal nos locais que vivem do turismo. Mas ainda hoje me lembro de uma conversa que tive com um senhor, dono de uma loja, que, quando soube que era português disse que a final do Euro 2004 seria um Portugal-Grécia. Ele tinha pena, gostava muito de nós, mas a Grécia ia vencer na final... nem a Maya faria melhor.




quinta-feira, junho 07, 2007

PS3 a 499€


Hoje e amanhã (dias 7 e 8 de Junho) podem encontrar a PS3 100€ mais barata na Staples. Já lá fui hoje comprar uma.
ps: As PS3 não estão em exposição, é necessário falar com alguém porque estão guardadas no armazém. Aconteceu isso comigo na Staples de Cascais e pelo que sei aconteceu o mesmo noutras lojas.


segunda-feira, junho 04, 2007

Tesourinho Deprimente Pessoal

Algumas pessoas necessitam de anos de carreira para ter aquilo a que os Gato fedorento chamam de Tesourinho Deprimente. Eu consegui um em apenas cinco minutos...



Não tenham dúvidas de que isto aconteceu por ter andado tantos anos a gozar com este senhor e com este momento:

terça-feira, maio 29, 2007

Zelig

Um dos filmes mais interessantes de Woody Allen é Zelig. Este filme de 1983 foi filmado como se fosse um documentário e centra-se na vida de Leonard Zelig, um homem capaz de mudar de aparência e atitudes quando está perto de determinada pessoa (quando está junto de um chinês as suas feições tornam-se as de um chinês, ao pé de um judeu cresce-lhe a barba e assume a postura religiosa de um judeu, junto de uma pessoa obesa ele próprio começa a engordar), tornando-o conhecido como o homem camaleão. Aquilo que poderia ser um filme a falar de um super-herói desenvolve para aquilo que Woody Allen mais gosta, a psicanálise. Durante o “documentário”, a psicoanalista Eudora Fletcher (Mia Farrow) vai relatando o seu trabalho com Leonard Zelig. Mais tarde, descobre que Zelig sofre de um caso raro de insegurança que o leva a misturar-se (mudando fisicamente e mentalmente) com as pessoas, na esperança de não ser rejeitado. Durante o filme, Zelig aparece em inúmeras situações e momentos da história, quer seja junto a Hitler ou Kennedy, utilizando uma técnica de filmagem que voltou a ser usada mais tarde em Forrest Gump.



Leonard Zelig: And to the, to the gentleman who's appendix I took out, I...I'm, I don't know what to say, if it's any consolation I... I may still have it somewhere around the house.

Narrador: The Ku Klux Klan, who saw Zelig as a Jew, that could turn himself into a Negro and an Indian, saw him as a triple threat.

Leonard Zelig: I worked with Freud in Vienna. We broke over the concept of penis envy. Freud felt that it should be limited to women.

segunda-feira, maio 28, 2007

domingo, maio 27, 2007

Ainda o Tivoli...

Ainda sobre a noite de ontem...
No final do espectáculo falei com um rapaz que fez o download do Casino Royale no E-mule e estava com problemas em abrir o ficheiro devido a falta de codecs. Entretanto, com a confusão do momento, perdi-o de vista e esqueci-me de lhe dizer onde encontrar os codecs. Desculpa lá, mas depois daquele momento de dança inesperado estava um bocado distraído. Experimenta este link, faz download e instala o programa. Em princípio deve resultar, depende do programa que foi utilizado para criar o video. Se não der, diz-me que eu vou procurar outro que seja compatível.
Conheci ainda outra pessoa que é uma verdadeira fâ do Herman. A Soraia veio de propósito de Paris para vir assistir ao espectáculo no Tivoli e vai estar amanhã nos estúdios da Valentim de Carvalho para conhecer o elenco e assistir às gravações do Hora H. Espero que te divirtas por lá, são todos cinco estrelas.

Herman no Tivoli

Acabei de chegar a casa depois de assistir a um espectáculo memorável do Herman José no Tivoli, enquadrado no 1º Festival de Comédia de Lisboa. Durante quase duas horas, Herman desfilou músicas e personagens da sua gloriosa carreira, destacando-se Maximiana, Nelo ou Serafim Saudade. Foi muito bom recordar o número que o projectou, o Srº Feliz e o Srº Contente (lembro-me de ver este programa em casa dos meus avós, ainda tinham televisão a preto e branco) e recordar as músicas dos genéricos de alguns dos seus programas de humor.
Acho que nesta altura do campeonato ninguém tem dúvidas do valor de Herman José.















Existe outro motivo que torna este espectáculo memorável. Pelo menos para mim. É que antes de cantar a última música da noite HJ resolveu pregar uma partida a dois hermaniacos, como ele chamou. Então chamou-me a mim e à Joana para irmos ao palco dançar. Antes desta noite tinha dançado apenas uma vez. Foi no meu casamento. Ainda hoje algumas das pessoas que foram ao casamento não me falam, depois de me terem visto dançar. Agora imaginem o que é estar num palco com o Herman José e dançarem para centenas de pessoas que nunca viram na vida. Felizmente, estávamos num espectáculo de comédia.
Desculpa lá Joana, mas a dança não é o meu forte.
No final, os leitores do blog da Joana, que estiveram no Tivoli, puderam conversar com Herman José, tirar fotografias e pedir autógrafos.

quinta-feira, maio 24, 2007

A nova vocalista dos Nightwish

Já é conhecida a nova vocalista dos Nightwish. Chama-se Anette Olzon, é sueca e tem 35 anos. Podem ler aqui mais informações sobre ela. Este anúncio estava previsto para dia 30 de Maio, altura em que a banda ia apresentar a nova vocalista e ao mesmo tempo lançar uma nova música, apenas disponível na net (o dinheiro do download reverte a favor de uma organização de ajuda a crianças).
Já arranjei a versão completa e é uma boa surpresa. Não quero entrar em comparações com a Tarja, mas gostei bastante da voz da Anette e da música. Falta ver como soa nas músicas mais rápidas. Encontrei no youtube a versão completa da música e vou colocá-la aqui daqui a pouco...
Em princípio, deverá sair em Junho o primeiro single do novo álbum que será editado apenas em Setembro.




quarta-feira, maio 23, 2007

RAMBO 4

John Rambo está de volta. Mais velho e, a julgar pelas imagens, mais violento. Pelo que podemos ver neste trailer os outros três filmes foram muito softcore.

sábado, maio 12, 2007

O Novo Elton John

E este senhor, o Luís Jardim, foi júri de um programa como o Ídolos...

quarta-feira, maio 09, 2007

Extremismos

Já passaram quase 3 semanas, mas o que se viu no dia 25 de Abril foi uma das manifestações anti-fascismo mais originais de sempre em Portugal. Em nome da liberdade, vários jovens levaram paus, barras de ferro e cocktails molotov para a zona do Chiado e, quando foram interceptados pela polícia, decidiram agredir os agentes. Durante a confusão, estes jovens defensores da Liberdade atiraram tinta para dentro de uma loja de roupa, pintaram paredes e montras. Todos com as caras tapadas, pois como se sabe, os defensores da liberdade são pessoas humildes que não querem revelar a sua identidade na luta pela Justiça. Portugal precisa de mais jovens como estes que, de um modo altruísta, ajudam este país a ir para a frente e ajudam a combater os fascistas.
É curioso que o cartaz do PNR causou mais impacto e fez correr mais tinta do que estes actos de vandalismo de extremistas de esquerda num dia em que se devia celebrar a liberdade.

Sylvia Browne

Ainda sobre o desaparecimento de Madeleine li um comentário de uma mulher inglesa que dizia que a melhor forma de a encontrar era recorrendo a uma médium. Claro, já temos cá poucos vigaristas destes então ainda nos emprestavam mais um. Esta senhora não deve ter tido conhecimento de um caso que ocorreu em 2003 nos Estados Unidos, em que recorreram a uma Médium bastante famosa chamada Sylvia Browne para encontrar um rapaz que tinha sido raptado. 4 meses depois do seu desaparecimento, esta senhora foi à televisão dizer que o rapaz estava morto, fornecendo indicações do local onde podiam encontrar o corpo e uma descrição do raptor. Em Janeiro deste ano, o rapaz foi encontrado vivo e bem de saúde. Além de ter sido encontrado numa zona que não tinha nada a ver com o local onde ela dissera para fazer as buscas, a própria descrição do raptor não tinha nada a ver com a realidade. Parece que esta senhora é milionária graças aos pobres de espírito que a vão consultar. Por cá também temos muita gente “crédula”.

O Relvado de Coimbra

A realização do concerto de George Michael a partir das 21.30 no Estádio Cidade de Coimbra no dia imediatamente anterior ao Académica-Sporting está a causar algum receio entre os responsáveis leoninos e da própria Liga de Clubes.
In Record

Tendo em conta que é o George Michael o artista do concerto em questão, não me parece que existam grandes motivos para se preocuparem com o estado da relva no final do concerto. O pior que pode acontecer é alguns fãs mais radicais andarem a rebolar na relva durante alguma música mais romântica.
A não ser que algum responsável leonino esteja a pensar ir a uma casa de banho durante o espectáculo…

Um momento de publicidade:
Um grupo de jovens a fazer mosh num concerto do George Michael ou casais gays de mão dada num concerto dos Metallica não é natural. O que é natural é cada um ter o seu próprio público. Compre os seus bilhetes online em www.bilheteirex.pt

segunda-feira, maio 07, 2007

Grande Manuel Marques

este video é um excelente exemplo da versatilidade do Manuel Marques.

Blogodependente... já fui assim

Ainda hoje ando com um caderno e uma caneta na mala para momentos de inspiração, mas ultimamente o stress não deixa pensar em nada...

Ainda o horário do Hora H

Recebi o primeiro comentário crítico a uma opinião minha, por isso merece honras de ser transformado em post. Não sei o nome da pessoa que o enviou mas penso que já nos conhecemos do blog do Nuno Markl.

Mas o Amigo também se deve ter esquecido de referir ao sr. Francisco Penim que, por exemplo, o Hora H de ontem teve menos audiência do que uma repetição do Inspector Max que deu às duas da tarde na TVI, e teve apenas mais 0,1% de audiência do que a eucaristia dominical, que passou na TVI ás 11 da manhã. Fica esquecimento por esquecimento. Se o horá¡rio do Hora H é demasiado tardio para si, porque é que não grava o programa no seu videogravador? No dia seguinte, até o pode ver no horário nobre, se quiser.

Esse comentário e essa comparação entre programas não faz muito sentido pelo simples facto de que está a falar de programas diferentes, para públicos diferentes e em horários diferentes daquele de que estou a falar.
Eu próprio gostaria de ter visto a Eucaristia Dominical, mas 11 horas de Domingo é muito cedo para eu ver televisão ao fim de semana, da mesma forma que meia-noite é muito tarde para a maioria das pessoas. As velhinhas que viram a Eucaristia Dominical nesse mesmo dia às11h já estão deitadinhas à muito tempo quando o Hora H começa. O mesmo se pode dizer dos putos que gostam de ver repetições do Inspector Max. Era giro que a RTP1 e a TVI colocassem estes programas no mesmo horário que o Hora H para podermos tirar dúvidas sobre quem ganharia, mas não me parece que eles aceitem esta ideia. Digo eu…
É óbvio que as audiências não são as melhores, mas MUITO se deve ao horário em que o Hora H está incluído. Este programa teria muito mais sucesso se fosse transmitido a uma sexta-feira à noite, no mesmo horário em que a RTP1 passou os Gato Fedorento, por exemplo. E toda a gente sabe que os Gato Fedorento nessa altura tiveram audiências abaixo do esperado.
Assim de repente lembro-me de 3 grandes programas que foram assassinados em nome das audiências: O Programa da Maria, Manobras de Diversão e Paraíso Filmes, mas para quê falar disto quando podemos ver Malucos do Riso, Belas e Mestres, Batanetes, telenovelas umas atrás das outras? Com esta programação, o que nos espera é um futuro como o do filme Idiocracy, e aqui temos que agradecer em primeiro lugar ao José Eduardo Moniz e depois ao Francisco Penim, que criaram e desenvolveram o conceito de TV Pimba.
Na TVI e SIC, Qualidade = Madrugada.
Quanto à ideia do vídeogravador até que não é má, mas muito antiquada. Já existem gravadores de DVD. Mas, neste caso, o que eu faço todos os Domingos é mais práctico e útil. Eu gravo o programa directamente para o meu computador e depois escolho os melhores sketches para colocar na mesma noite no youtube, para que as pessoas que não têm vídeogravador (e que têm pc com net) possam ver os melhores momentos no dia seguinte. Até faço efeitos nos vídeos e tudo. Se for esse o seu caso pode encontrar os melhores momentos de todos os programas do Hora H e também do Gato Fedorento aqui:
http://www.youtube.com/luismfm70
Por acaso, neste momento até estou a ver novamente o sketch do Blogodependente e estou a tirar ideias para futuros posts.

A SIC e a Hora H


Esta noite, na SIC, no final do Jornal da Noite apareceu um quadro com a programação para a noite que consistia no seguinte:
-Desprevenidos
-Páginas da Vida
-CSI Miami
Que conclusões podemos tirar, sabendo que a seguir à novela Páginas da Vida ainda ia dar o Hora H? A SIC e a sua Direcção começam a mostrar uma descarada falta de respeito pelo programa e pelos seus actores. Não sei se existe alguma coisa por trás desta má vontade, mas isto é muito estranho.
Então num dia fazem uma homenagem ao maior comediante português da actualidade e no outro nem sequer anunciam o programa que, segundo as palavras do próprio Francisco Penim "é uma aposta da SIC para este ano de 2007". Se é assim que se valorizam as apostas...

ps: Ja agora, quando o Sr. Francisco Penim respondeu ao meu mail e dizia que as audiências do Hora H não justificavam a emissão num horário mais nobre, esqueceu-se de referir que os Desprevenidos passam nesse mesmo horário (depois do jornal da Noite) com uma audiência inferior ao que o Hora H consegue nas madrugadas de segunda.

Horatio Caine

No episódio de hoje de CSI Miami, Horatio Caine resolveu mais um caso complicado. E, ao mesmo tempo, durante os 40 minutos da série colocou os óculos na cara seis vezes e tirou-os cinco. Possivelmente terá algum patrocínio de alguma marca de óculos. Felizmente, não deve ter cuecas de marca.

Monty Pythons Sketches



Aqui ficam alguns sketches que podem encontrar na colecção que referi no post abaixo

sábado, maio 05, 2007

O Melhor dos Monty Python


Esta caixa com 6 dvd´s oferece-nos 900 minutos do que melhor se fez a nível de humor por este grupo de comediantes ingleses.
São 6 dvd´s em que John Cleese, Michael Palin, Eric Idle, Terry Gillian, Terry Jones e Graham Chapman escolhem os seus sketches preferidos e nos oferecem testemunhos hilariantes dos tempos em que fizeram parte do grupo mais famoso de sempre. São 45.90€ muito bem gastos.

domingo, abril 29, 2007

sábado, abril 28, 2007

Band of Brothers

PEguei numa das minhas músicas preferidas e juntei a uma das melhores séries de televisão de todos os tempos para fazer este video. Podia ter ficado muito melhor, mas para já é apenas um teste.

Conversão VHS e Video Hi8 para DVD

Acho que vou começar a fazer negócio com isto. Existem muitas pessoas que têm os seus videos de casamento, ferias, festas, nascimentos nestes suportes e não sabem como passar para DVD. Além disso, o mesmo se passa com fotografias que podem ser transformadas em filmes com apresentação e música à escolha. Adiciona-se um menu animado e ainda uma selecção com os melhores momentos (como fiz com o filme que está em baixo, The Covenant) e fica um dvd de alta qualidade. É assim que já tenho as minhas gravações antigas e todas as fotos. E pelo que já vi fica bem melhor do que algumas lojas conhecidas que fazem negócio com isso e cobram uma fortuna. Para pensar...

The Covenant - O Pacto

Em 1692, na colónia de Ipswich, Massachusetts, cinco famílias fazem um pacto de silêncio de forma a esconder as capacidades dos seus membros. Uma das familias, ansiando por mais poder é banida e a sua linhagem desaparece sem deixar traços. 315 anos depois, quatro jovens descendentes dessas famílias frequentam a Academia Spencer. Estes jovens nasceram com poderes especiais. No entanto, estes poderes são viciantes. Se forem usados inconscientemente e em excesso, os efeitos traduzem-se num envelhecimento precoce. O quinto "filho de Ipswich" aparece inesperadamente e tem planos para destruir os outros quatro, aumentando assim os seus próprios poderes.
Este filme não tem actores conhecidos mas os produtores são os mesmos de Underworld e o realizador é o conhecido Renny Harlin. É um filme que cumpre a sua função, que é entreter, sem ser um filme espectacular. Se gostam do género sobrenatural, acção e thriller vejam-no.

quinta-feira, abril 26, 2007

Base Escola de Tropas Pára-Quedistas

Depois de acabar o curso na BA2 (Ota) fui colocado na BETP, numa altura em que os Pára-Quedistas ainda estavam ligados à Força Aérea. Isto foi nos anos de 1991-1993. Este foi, sem dúvida, o melhor tempo que passei nas forças armadas.
Apesar de não ser pára-quedista integrei-me rápidamente neste ambiente. Estamos a falar de uma base militar em que a disciplina e o rigor eram levados ao extremo. Para tomar o pequeno-almoço, almoço ou jantar tínhamos que formar em frente das camaratas e depois ir a marchar até à messe. Fizesse chuva ou sol.
Os páras são diferentes dos outros porque existe bastante disciplina e respeito. Desde o comandante da base ao soldado, o tratamento era igual para todos. Foi um ambiente que, em 9 anos de tropa, só vi aqui.
Quando chegava a sexta-feira e era a altura de sair para ir passar o fim de semana a casa tinhamos que colocar-nos em sentido em frente ao PQ que estava na porta de armas (na foto em cima) para ele verificar se estávamos devidamente fardados.

Á entrada da unidade encontra-se o Monumento às Tropas Pára-quedistas. No meu primeiro dia nesta Base disseram-me que quando entrasse ou saísse da unidade deveria passar em frente do monumento e prestar homenagem com uma continência "Aqueles em Quem Poder Não Teve a Morte". No meu último dia, parei em frente do monumento, pousei as minhas coisas e estive alguns minutos parado a pensar como tinha orgulho em ter estado naquela Base e ter tido a oportunidade de conhecer por dentro as nossas tropas pára-quedistas.





Ainda hoje tenho este crachá que usava na farda e que identificava a unidade.
Como Cabo Especialista de Informática, a minha função principal foi fazer recolha de dados do pessoal militar e ainda coube-me a mim iniciar o processo de Informatização da Base, com a instalação de computadores nos diversos departamentos e ainda dar Formação ao pessoal que iria operar com o equipamento.

A 1 de Janeiro de 1994, resultante da passagem do Corpo de Tropas Pára-quedistas para o Exército, a BETP deu origem à actual Escola de Tropas Aerotransportadas (ETAT).

Eu saí desta Base e fui directamente para o Estado Maior da Força Aérea em Alfragide. A primeira grande diferença é que usava um corte de cabelo mais curto do que os outros. Depois, descobri que os oficiais eram, na sua maioria, uma cambada de palhaços a brincar aos militares. Os pilotos eram os piores. A adaptação aqui foi mesmo muito difícil... lembro-me de ir com mais dois amigos, passar por um tenente (piloto) e fizemos continência. Ele estava a falar com uma rapariga, possivelmente a namorada. Chamou-nos, fez com que voltássemos para trás e fizéssemos novamente continência, pois não tinha visto. Depois de sair de um ambiente como o dos Pára-Quedistas isto custou bastante.