sábado, janeiro 13, 2007

Home of the Brave

Este filme é um dos nomeados para o Globo de Ouro e conta a história de três soldados que regressam a casa após uma longa comissão ao serviço do Exército no Iraque.
Se compararmos este filme com o "Nascido a 4 de Julho" acho que se pode afirmar que estamos perante um filme 3 em 1. É que enquanto no filme de Oliver Stone temos o Tom Cruise a fazer o papel de soldado ferido e traumatizado, neste temos Samuel L. Jackson, Jessica Biel e Bryan Presley. Este filme merece pelo menos um lugar de honra no guiness como o filme com mais clichés desde o Titanic.
Quem vir este filme fica com a idea que o destino dos soldados que estão no Iraque é a fazer fisioterapia, acabar numa instituição psiquiátrica, no mundo do crime ou então a oferecer-se como voluntário para regressar aos combates. O Samuel L. Jackson, que até é um bom artista, sim senhor, merecia entrar num filme melhor. Para quem gosta de telefilmes melodramáticos aconselho que levem lenços para este.

Há uma cena no filme bastante dramática mas que foi hilariante. Quando a personagem da Jessica Biel tenta apanhar uma bola (ela perdeu uma mão no Iraque e tem agora uma prótese)
ela estica os braços para a agarrar e nota-se que o braço que não tem a mão é bastante maior que o outro. Então uma pessoa fica sem uma mão na guerra e o braço estica?? Podiam ter tido atenção a esta cena.

sexta-feira, janeiro 12, 2007

Carlos Sousa abandona Andreas Schulz

Preocupado com a saúde do seu co-piloto, Carlos Sousa meteu-o fora do carro e disse-lhe para fazer um pouco de exercício, apanhar um pouco de sol e ir ter com ele ao posto de controle mais próximo.
Andreas Schulz foi visto a correr há minutos atrás, por um helicóptero da organização e estava prestes a ultrapassar a mota do espanhol J. Viladoms.

quinta-feira, janeiro 11, 2007

Filme da treta

Esta obra de arte já está nos clubes de video.

Ainda Clint Eastwood

Ontem falei do filme "Flags of our Fathers" de Clint Eastwood. Hoje vou falar de "Letters from Iwo Jima". E vocês os dois que lêem este blog agora devem estar a pensar, mas que filme é este? Bem, a acção deste filme decorre no mesmo campo de batalha, a ilha de Iwo Jima, mas desta vez os acontecimentos são vistos do ponto de vista dos japoneses. Clint Eastwood pretende com este segundo filme homenagear a coragem e a determinação dos soldados japoneses na defesa da ilha. Apenas 1000 soldados japoneses foram capturados. Os restantes morreram nos combates ou suicidaram-se quando se aperceberam que a batalha estava perdida.
Para o papel do General Tadamichi Kuribayashi Clint escolheu o actor japonês Ken Watanabe que faz aqui uma interpretação fantástica.

quarta-feira, janeiro 10, 2007

Escadas Rolantes

Irritam-me as pessoas que ficam paradas nas escadas/passadeiras rolantes.
O pior é quando as pessoas se encostam todas à direita e há um atrasado mental que fica parado do lado esquerdo, impedindo a passagem. Ou aqueles que vão quase a correr para ir a algum lado e quando se apanham nas escadas rolantes se encostam ao corrimão e se deixam levar à velocidade louca de 1m/h. São estas mesmas pessoas que depois vão gastar fortunas em ginásios para perder a barriga ou andam a correr como se não houvesse amanhã*.
Ainda esta semana tivemos um incêndio num Centro Comercial em que as pessoas, quando se aperceberam do fogo no 1º piso, correram em pânico para as escadas rolantes, conversaram calmamente sobre o fogo enquanto desciam e quando chegaram ao andar de baixo recomeçaram a correr desenfreadamente para a saída.

* Célebre frase popularizada por Nuno Markl.

Flags of Our Fathers

A História:

O cenário é a ilha de Iwo Jima, uma ilha de formação vulcânica com cerca de 7 quilómetros de comprimento por 4 de largura. O dia é 19 de Fevereiro de 1945. Agora imaginem 22.000 japoneses escondidos em tuneis e trincheiras prontos para lutar até à morte e uma frota americana ao largo, com 70.000 Marines prontos para desembarcar.
Morreram mais soldados americanos neste desembarque do que durante o célebre desembarque na Normandia.
Foi ao quinto dia que um pelotão de soldados americanos subiu ao monte Suribachi e colocou a bandeira americana no topo (a ilha só foi totalmente conquistada depois de mais 30 dias de intensos combates). A foto desse momento é uma das mais imprimidas de sempre.


O Filme: Flag of our fathers

É um filme fabuloso de Clint Eastwood que retrata fielmente os acontecimentos ocorridos durante essa batalha e o efeito que essa fotografia teve sobre a opinião pública norte-americana.
Rene Gagnon, John Bradley, and Ira Hayes (três dos homens que colocaram a bandeira) são embarcados para os Estados Unidos para participarem numa digressão que tem como objectivo vender títulos de guerra. O filme centra-se sobretudo sobre o conceito de heroismo. Por um lado, estes três soldados sentem que os verdadeiros heróis são aqueles que morreram em Iwo Jima e que eles são apenas figurantes num momento simbólico da batalha. Por outro, a opinião pública necessita desesperadamente de heróis.
As sequências da batalha estão filmadas de uma forma soberba e, a utilização da cor monocromática, dá um maior realismo e dureza a essas cenas. A interpretação dos três actores principais é muito boa, especialmente a de Ryan Phillippe (John "Doc" Bradley). De uma maneira geral este filme é um bom momento de cinema, com uma história sólida. Steven Spielberg é um dos produtores.

terça-feira, janeiro 09, 2007

Tudo Online

Perderam um episódio do 24, do Sex and the City ou a estreia do Prison Break? Querem ver cartoons ou filmes? Programas conhecidos de comédia? Então vão até aqui e divirtam-se.

http://www.peekvid.com/