sexta-feira, março 23, 2007

A verdadeira história do Ditador com Super Poderes

O ano é 2021, algures num pequeno país da Península Ibérica.
Após a guerra civil que dividiu norte e sul, por causa de um processo conhecido como apito dourado, no ano de 2008, os militares tomaram o poder e nomearam um governo fantoche encabeçado por Maurício Gaspar, um ex-árbitro dos distritais. Durante os primeiros 8 anos de poder, Maurício governou com mão de ferro, mandando prender e executar centenas de opositores do seu governo.
No entanto, Maurício tinha um segredo. Ferido durante a guerra com uma bala de calibre .50 de urânio empobrecido começou a pouco a pouco a adquirir estranhos poderes. A sua força aumentou considerávelmente, conseguia ler uma matrícula a 2 km de distância e pouco tempo depois já voava. Tomando consciência dos seus poderes, desenvolveu uma dupla personalidade. Durante o dia era um ditador cruel que assinava sentenças de morte mas durante a noite era um destemido vingador que libertava essas mesmas pessoas da prisão e as transportava para França. Ele era o Ditador com Super-Poderes.

quinta-feira, março 22, 2007

Commedia a la carte

Ontem, o César Mourão falou-me sobre o espectáculo que os Comédia a La Carte vão dar no Tivoli a 12 de Maio. É um espectáculo improvisado onde é o público quem escolhe os temas e as personagens. Mais informações no site do César Mourão.
http://www.cesarmourao.com

Visita ao Hora H

Ontem foi o ponto alto da minha carreira como espectador de televisão. Recebi um convite do Herman para o conhecer e assistir às gravações do programa Hora H. Estar sentado na mesma mesa do Herman, do Manuel Marques, Maria Rueff, Ana Bola e César Mourão é uma sensação dificil de explicar. São pessoas do mais simpático que existe. Falámos de várias coisas: do humor em Portugal, do Hora H, das pessoas em geral. Como é óbvio, não vou entrar aqui em pormenores sobre o que foi falado. O Herman mostrou-me os cenários do programa. Foi giro estar dentro da sala do Yuri, na redacção ou ainda junto da sala de estar da Chica Pardoca. Não fazia ideia que o escritório do Raposinho e a sala de reuniões ficasse no 2º piso do cenário. No final, depois do Herman ter ido embora por motivos pessoais, assisti à gravação de um sketch do César Mourão e do Manuel Marques. É muito interessante assistir a todo o processo de gravação de uma cena, desde o momento em que entram na Caracterização até ao momento em que chegam ao cenário para começar a gravar.
Estava sentado mesmo atrás do realizador e o que ele se ria, enquanto o sketch era gravado... todas as pessoas que lá estavam a trabalhar, num momento ou noutro esboçaram um sorriso com a interpretação destes dois senhores. São novos mas têm muito talento.
Foram todos sempre muito simpáticos, especialmente o produtor, o senhor António Simão, que sempre que me via perguntava se estava tudo bem.
Tenho que agradecer também à Joana.


quarta-feira, março 21, 2007

Uma grande honra

Hoje tive a honra e o prazer de conhecer pessoalmente Herman José. Tive ainda a oportunidade de conhecer e conversar com Maria Rueff, Ana Bola, Manuel Marques e César Mourão. Não é todos os dias que temos a hipótese de estar junto de tantos talentos e de pessoas tão simpáticas. Inesquecível.

Amanhã coloco uma foto que tirei com o Mestre e conto como foi esta noite.

César Mourão

Hoje conheci pessoalmente o César Mourão. E tive a oportunidade de lhe dizer que esta interpretação foi excepcional. Isto é um momento de comédia ao mais alto nível.

terça-feira, março 20, 2007

Grande Dilema

Tenho a oportunidade de conhecer Deus e não sei o que fazer...